Corações & Mentes

"Se eu quiser proteger meus pés dos espinhos, onde encontrar couro suficiente para cobrir toda o planeta? Mas se eu apenas usar couro sob meus pés é como se toda a Terra estivesse coberta" – Shatideva

Cultivando Equanimidade – Meditação Guiada

 

equanimity

Equanimidade é importar-se da mesma forma consigo mesmo e com o outro. Amar, ter compaixão e alegrar-se da mesma forma, com todos.

Na tradição Teravada do budismo, equanimidade é olhar tudo de bom e ruim que acontece conosco de forma equânime. Mente imperturbável. Ter o coração aberto e manter o equilíbrio, sem nos deixarmos balançar frente aos acontecimentos da vida. O que quer que aconteça, sabemos que teve origem em causas e condições, e lidamos com o acontecimento sem perder nosso equilíbrio, imperturbavelmente.

“O que quer que aconteça, se há algo que se possa fazer, porque se preocupar? Se não há nada que se possa fazer, por que se preocupar?”  — Shantideva

É uma idéia interessante, mas como manter-se imperturbável?

Se focarmos exclusivamente no bem estar hedônico, no prazer hedônico, é impossível. Precisamos investir em cultivar felicidade genuína – aquela que vem daquilo que trazemos ao mundo – e livrar nossa mente das qualidades que geram infelicidade. Só então teremos uma chance.

Enquanto olharmos pessoas e coisas como fontes de felicidade, não conseguiremos nos manter imperturbáveis.  Estamos olhando para os outros como se fossem objetos. Objetos que devem nos fazer feliz, tratar bem, proteger, etc. Olhamos para as pessoas como se perguntássemos: O que você pode fazer por mim?

Olhar para toda a humanidade pensando “o que essa pessoa pode fazer por mim?”  é desumanizador. Não estamos olhando para um ser humano, mas sim para um objeto, que está lá para me ajudar ou prejudicar. Estamos olhando pessoas como fontes de alegria ou sofrimento.  Devemos procurar enxerga-las de uma forma mais realista, como seres humanos.

Cultivando equanimidade começamos a olhar pessoas como seres humanos, não só como aparições agradáveis, desagradáveis ou neutras. Quando olhamos as pessoas e as classificamos como agradáveis, desagradáveis ou neutras e fundimos a aparência com a pessoa, estamos nos iludindo. E isso acontece também conosco quando olhamos pra dentro e encontramos uma pessoa que não gostamos, que não aprovamos.

Faça-se essa pergunta: Existem ocasiões em que eu realmente gosto de mim mesmo? Existem ocasiões em que me aprecio, quer seja minha aparência ou meu comportamento.

E agora faça-se outra pergunta: Existem ocasiões em que realmente não gosto de mim mesmo?

Será que podemos manter equanimidade com nós mesmos?

Nas ocasiões em que não nos suportamos, estamos nos fundindo com aspectos e comportamentos que são desprezíveis, feios. Nós os identificamos em nós mesmos e então não nos suportamos.

Considere a possibilidade de desenvolver equanimidade frente ao seu próprio comportamento, aparência física, tendências mentais, etc, baseada em amor e compaixão consigo. Identificando suas ações e comportamentos e reconhecendo quando não são bons (quando são ruins ou horríveis) e reconhecendo que nesses momentos você estava totalmente deludido, com muitas aflições mentais que o levaram a tal comportamento e, reconhecendo isso, aspirar “que eu esteja livre de tais aflições mentais, que eu nunca mais tenha esse tipo de comportamento, porque eu me importo comigo e eu quero ser feliz e esse não é o caminho para a felicidade.” Isso é praticar amor, compaixão e equanimidade consigo.

Desenvolver equanimidade conosco pode ser uma plataforma para desenvolvê-la com os outros.

Quer praticar equanimidade? Segue aqui uma meditação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 27 de janeiro de 2016 por em Sem categoria.
janeiro 2016
D S T Q Q S S
« nov   fev »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

%d blogueiros gostam disto: